Transpirando nos templos e ruínas de Siem Reap, no Camboja

Saímos do Rio no dia 28 de fevereiro, em pleno verão (que, dizem, lá não acaba nunca). Ou seja, o calor não nos é estranho. Nestes três meses de viagem passamos por temperaturas bastante elevadas na Tailândia, Laos e Vietnã. Mas nada, nada mesmo se compara ao calor do Camboja. E nada do que te …