Parques e praias de Sydney

Sydney foi nossa terceira e última parada na Austrália. Ficamos duas semanas; na primeira, participamos de um evento de design o dia inteiro e não tivemos oportunidade de explorar muito a cidade. Mas a segunda semana foi diferente. Mesmo estando no inverno, os dias eram muito ensolarados e não exigiam muitos casacos. A temperatura variava entre 15º e 20ºC.

Nos hospedamos num apartamento em Elisabeth Bay, ao lado de um bonito parque cheio de verde, frequentado por muita gente a fim de praticar exercícios físicos ou simplesmente pegar um sol. O parque era de frente para uma marina e rodeado por uma ciclovia. Um local bastante agradável.

O CBD, centro comercial de Sydney, é acessível por metrô, ônibus, ferryboat e muitas ciclovias. Os prédios novos se misturam a edifícios de tijolinhos que dão um charme ao bairro. Na baía, estão os dois principais cartões postais: Opera House e Harbour Bridge. Uma dica é ir no The Rocks, região perto da ponte, no domingo. Há feirinha de artesanato, vários restaurantes e cafés, e muitos músicos tocando no meio da rua. Uma caminhada interessante é contornar o mar e seguir passeando pelo Jardim Botânico.

Fomos até Bondi Beach num domingo de sol em que o lugar estava lotado, com muitos brasileiros caminhando por ali. A praia é cercada por grafites nas paredes e restaurantes, e tem uma ciclovia para quem quiser caminhar, correr ou patinar. Nos recordamos do Rio, pois mesmo no inverno havia muitos surfistas e banhistas na água.

Há uma feirinha de artesanato feita por designers com vários artigos interessantes. Talvez pudesse ser um pouquinho mais barata, pois achamos os preços dos produtos um tanto salgados. Havia de tudo: óculos, roupas, capas para iPhone, chapéus, comidinhas etc.

Nas proximidades, várias lojinhas simpáticas, sorveterias e restaurantes.

Outro passeio que fizemos foi até Manly, onde por pouco não nos hospedamos. Preferimos Sydney porque, como participamos do congresso, se ficássemos em Manly teríamos que pegar a barca duas vezes por dia durante uma semana.

Manly é uma graça. A praia, talvez por ser mais afastada, não estava lotada como Bondi. Era mais fácil caminhar pelo calçadão. Decidimos ir num restaurante brasileiro – Brazuca – matar a saudade do feijão, e comemos uma picanha com farofa espetacular.

Depois pegamos a barca e vimos um pôr do sol fantástico, pouco antes de chegarmos ao centro de Sydney. O ferryboat para Manly é um passeio repleto de atrações: tem a vista da cidade, da ponte, do Opera House, Jardim Botânico e, com sorte, ainda é possível ser acompanhado por golfinhos.

Era hora de nos despedirmos da Austrália. Próximo destino: Ilhas Fiji.


Elizabeth Bay apartment
Endereço: Unit 39, 41-49 Roslyn Gardens, Elizabeth Bay
Preço: AUD$ 100 (R$ 240)
Sitehttps://www.airbnb.com.br/rooms/4832192?eluid=1&euid=8ddd5f88-1844-9f95-7a00-3ea6d1907804

Um comentário em “Parques e praias de Sydney

  1. Muito bom, queridos Daniel/Raquel . O texto eh bastante elucidativo e as fotos provam o que vocês afirmam. Beijos e boa estada em Fiji.

    Enviada do meu iPad

    >

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s