Uma semana relaxando em Phu Quoc

Se você estava esperando pelas praias paradisíacas do Vietnã, esse post chegou. Phu Quoc é uma ilha no sul do país, praticamente no Camboja, com 1320 km² e natureza para todos os gostos. A ilha é muito grande e tem vários resorts, mas ficamos hospedados na parte norte, que era bem isolada.

Tivemos uma ótima experiência no resort Wild Beach: ficamos num chalé a poucos metros da areia e tínhamos uma praia quase particular para nós. Isso realmente fazia diferença, pois a temperatura se manteve durante todo o tempo na casa dos 40 graus.

De dia, tirávamos essa situação de letra: ficávamos deitados nas espreguiçadeiras debaixo das barracas e nos levantávamos apenas para dar um mergulho ou tomar uma chuveirada. Fizemos todas as nossas refeições no ótimo restaurante do resort (café da manhã, almoço, lanche e jantar), e a única vez que nos deslocamos foi para um passeio até as ilhas do sul.

A equipe do local era bastante prestativa e se esforçou o máximo para nos ajudar com o calor. Isto porque, devido a restrições de energia, nem todos os quartos suportam o uso de aparelhos de ar refrigerado. Por isso, ficamos num quarto apenas com ventiladores: um, já estava lá; a pedidos, o staff tentou resolver nosso problema com outro ventilador que, se não resolveu, pelo menos ajudou a amenizar um pouco o calorão.

Ainda assim, sofremos para dormir durante umas três noites, tendo que levantar de madrugada para tomar algumas duchas frias. Nesse quesito, outra falha do resort: o chuveiro era uma porcaria, e somente disponibilizava um fiapo de água.

Tivemos que recorrer em algumas noites ao perigo de dormir de portas e janelas abertas. Evidente que qualquer tipo de bicho poderia, dessa forma, entrar em nosso quarto. E foi o que aconteceu. Em nossas últimas 48 horas dormimos na companhia de uma aranha (grande) e de um sapo (pequeno), os quais não conseguimos enxotar de jeito nenhum.

Quanto ao nosso passeio às ilhas do sul, um táxi nos pegou no resort e, após duas trocas de ônibus/minivan, chegamos ao porto e embarcamos. Houve uma pausa inicial para pescaria, almoçamos e depois fomos mergulhar de snorkel (por duas vezes). Os mergulhos em si não foram muito especiais. Não vimos nada demais, mas pelo menos serviram para aliviar o calor.

O que realmente fez o passeio valer a pena foi termos conhecido a praia de Sao Beach. Magnífica, com uma faixa de areia extensa e branca e uma água cristalina que tinha a temperatura ideal, fosse para nadar, se banhar, mergulhar, relaxar ou apenas boiar. Enfim, uma praia belíssima.

Ao voltarmos ao resort, fizemos as malas e nos despedimos, pois havia chegado o momento de deixar o Vietnã, ainda que com muita dor no coração. Esperamos até a véspera de nossos vistos expirarem e só fomos embora quando realmente não podíamos mais permanecer.

Era hora de conhecer o Camboja. O que significava mais calor pela frente.

IMG_3562


Wild Beach Phu Quoc Resort
Endereço: Group 4, Hamlet 4, Cua Can, Phu Quoc
Preço: US$ 45 a diária

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s