Chegando no Vietnã: Hanói e seu trânsito anárquico

Mesmo tendo permanecido poucos dias em Hanói, tivemos a melhor das impressões. Como chegamos tarde da noite, fomos direto a um restaurante na esquina de nosso hotel, New Day. Eles fechavam às 23h e já passavam das 22h. Ainda assim nos serviram com sorrisos nos rostos uma farta e saborosa refeição, impossível de ser consumida em sua totalidade. Foi nosso primeiro contato com a maravilhosa culinária vietnamita.

Ficamos hospedados na parte antiga da cidade (Old Quarter), que ainda conserva muito da arquitetura colonial francesa, uma região repleta de alfaiates, artesãos, comerciantes e restaurantes. Estávamos bem localizados e caminhamos ao redor do Hoan Kiem Lake, passando pelo templo Ngoc Son, pela estátua do imperador Lý Thái Tổ e pela Torre da Tartaruga. No lago, belíssimo (lembra a Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio), havia vários casais em clima de romance e muitas pessoas se exercitando.

Foi uma aventura atravessar as ruas, pois ninguém respeita os sinais ou leis de trânsito (mais tarde, verificaríamos que em todo o Vietnã é assim). É como se não houvesse mão, contramão, nada. É cada um para um lado e cada um por si. Carros, motos, scooters, bicicletas, tuk tuks, tudo junto em todas as direções, numa fantástica anarquia.

R$ 1 = US$ 0,3 = 7.090 VND
R$ 1 = US$ 0,3 = 7.090 VND

Uma curiosidade: como as motos são muito baratas (especialmente em relação aos carros), é comum ver famílias de três, quatro, cinco pessoas em cima de um veículo de duas rodas. No caso das scooters, algumas crianças chegam a “viajar” de pé.

Para atravessar a rua, vá andando lentamente – de preferência, numa faixa de pedestres -, levando fé que sua presença será notada e irão desviar de você. E é exatamente isso o que acontece. Mas se deve caminhar lentamente. Não se apresse e, em hipótese alguma, não corra. Nem que você ache que vai morrer. Não se preocupe, você foi visto e não será atropelado.

Hanói tem ainda diversas opções de museus, além de uma variedade enorme de cinemas, discotecas, karaokês e teatros.


Visto Vietnã
Recolhemos na chegada ao aeroporto, mas antes tivemos que fazer uma solicitação de uma carta pela internet. Vários sites fazem esse serviço; escolhemos o Vietnam Visa Pro por ser o mais barato e porque lemos que era confiável. O preço varia pelo tempo de permanência no país, quantidade de entradas e urgência na entrega. Escolhemos o visto de 1 mês, uma entrada e sem urgência (mesmo assim, ficou pronto no dia seguinte), e pagamos US$ 9 cada um. Eles também vendem um serviço para não pegar fila no aeroporto, que não compramos. Como viemos em um voo pequeno do Laos, não havia fila nenhuma e o atendimento foi muito rápido. No aeroporto, é preciso pagar mais US$ 45 pelo visto, em dinheiro, e apresentar uma foto 3×4.  


New Day Restaurant
Endereço: 72 Mã Mây (Lương Ngọc Quyến), Hoàn Kiếm, Thành Phố Hà Nội
Sitenewdayrestaurant.com


Hanoi 3B Hotel
Endereço: 99 Mã Mây, Hàng Buồm, Hoàn Kiếm, Hà Nội, Vietnã
Preço: US$ 24 (diária)
Sitewww.hanoi3bhotel.com


Ngoc Son Temple
Endereço: Đinh Tiên Hoàng, Hàng Trống, Hoàn Kiếm, Hà Nội, Vietnã
Preço: 30.000 VND (R$ 4,20)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s